Allana e Perseu

SEJAM BEM-VINDOS AO NOSSO SITE
Allana e Perseu

Sobre os Noivos

Conheçam a nossa história

Allana e Perseu se esbarraram, pela primeira vez, no cursinho de inglês. Ele já era da turma, enquanto ela ainda estava em seu primeiro dia, depois de passar por várias outras, buscando fugir da reprovação por falta. Começaram a conversar e, logo, descobriram uma amiga em comum (valeu, Gabi!).

Alguns dias depois, eles se esbarram novamente, desta vez, na companhia de alguns amigos em uma lanchonete. O programa não foi só deles, mas foi o suficiente para se conhecerem melhor. Foi a primeira vez que ele falou para ela que gostava de Rocky Balboa. Foi a primeira vez que ela falou para ele de o Turista. Alongaram, ao máximo, o encontro, mas tiveram de se despedir. Por sorte, se encontraram logo depois, no aniversário da amiga em comum. Conversaram tanto que se esqueceram da aniversariante (mal nossa, Gabi!).

Fotos Recentes

As conversas pelo Facebook e Whatsapp se tornaram mais frequentes e aí “veio mesmo, de repente, uma vontade de se ver[...]”. Ela disse que bastaram algumas conversas até o primeiro encontro. Ele usa palavras como resiliência, humildade e persistência para definir este período. No fim das contas, foram ao cinema assistir Os Vingadores. Ela queria assistir o filme, ele não (...). Depois de saírem do shopping, foram ao único lugar ainda aberto naquele horário (valeu, Ronald McDonald!). E foi ali, no ambiente menos provável, que eles trocaram os primeiros olhares, os primeiros carinhos e o primeiro beijo. Foi o final do primeiro encontro, e o início dessa jornada.

“Com as conversas, que, agora, passaram a ser diárias, descobrimos, um no outro, não apenas uma nova paixão, mas uma amizade verdadeira, um companheirismo mútuo e um amor mais profundo e sincero do que poderíamos imaginar. Uma parceria, que, desde 19 de julho de 2012, tem se tornado cada vez mais forte. Passamos pela faculdade, pelos trabalhos de conclusão de curso, pelos mestrados, pelas defesas, pelo intercâmbio, pelas distâncias, pelas primeiras entrevistas de emprego. Conhecemos nossos respectivos sogros e sogras, nossas cunhadas e cunhado. Brincamos, brigamos, viajamos, rimos e choramos. Passamos por muito, e ainda não passamos por quase nada”.

E, como já disseram em outros momentos, o melhor de tudo foi estarem juntos. Novos desafios e alegrias ainda virão e, juntos, serão fortes para superar os obstáculos e mais felizes para comemorarem suas vitórias!

Fotos Recentes